Português Inglês

Museu da Inconfidência inaugura mostra em homenagem a Santos Dumont

Museu da Inconfidência inaugura mostra em homenagem a Santos Dumont

Em comemoração aos 110 anos do primeiro voo do 14-BIS, o Museu da Inconfidência (Ibram/MinC) inaugura a mostra Santos Dumont: das raízes mineiras à ascensão do Gênio dos Ares às 20h30 da próxima sexta-feira, 11 de novembro, na Sala Manoel da Costa Athaide, Anexo I. O objetivo é relembrar o dia 23 de outubro de 1906, quando se criou o título de “Pai de Aviação” após a conquista do Prêmio do Aeroclube da França pela realização do primeiro voo homologado a uma distância de 60 metros.

Estarão expostos objetos, imagens e documentos que narram a trajetória do aviador mineiro, relacionando suas raízes em cidades de Minas Gerais, São Paulo e Rio de Janeiro, até alcançar os ares da capital francesa, no Campo de La Bagatelle, ponto de partida para a realização de sua grande meta. A visitação é gratuita e ocorrerá de terça a domingo, das 10 às 18h, até o dia 29 de janeiro de 2017.

Saiba mais – Santos Dumont

Alberto Santos Dumont nasceu em 20 de julho de 1873 em João Aires, Minas Gerais  - hoje, Santos Dumont - próximo à cidade de Palmira. Seu pai, Henrique Dumont, era formado na Escola de Artes e Ofícios de Paris (o equivalente atual da Faculdade de Engenharia) e tinha sido encarregado pelo Império, em 1872, de construir um trecho da Estrada de Ferro Central do Brasil, na subida da Serra da Mantiqueira. Como o canteiro de obras foi fixado na localidade de Cabangu, a família acabou se estabelecendo numa fazenda próxima. Assim, seu sexto filho, Alberto, nasceu ali, no mesmo dia em que o pai completou 41 anos.

De tradicional família ouro-pretana, a mãe de Santos Dumont, Francisca de Paula Santos, era filha do comendador Paula Santos. O Dr. Henrique Dumont era descendente de franceses. O casal teve, ao todo, oito filhos: cinco mulheres e três homens. As mais velhas se chamavam Maria Rosalina, Virgínia e Gabriela e casaram, por coincidência, com três irmãos: respectivamente, Eduardo, Guilherme e Carlos Villares. Todos nasceram em Minas, com exceção das duas irmãs mais novas, Sofia e Francisca, nascidas no estado do Rio de Janeiro.

Parceiros:

- Museu Paulista da USP
- Museu Histórico Nacional
- Paróquia de Nossa Senhora do Pilar
- Arquidiocese de Diamantina
- IPHAN - Escritório Técnico de Diamantina
- Prefeitura Municipal de Diamantina
- Arquivo Público Mineiro
- Museu Casa Natal de Cabangu e Fundação Santos Dumont
- Arquivo Municipal de Ouro Preto
- Museu de Ciência e Técnica e Arquivo central da Escola de Minas, Ufop
- Arquivo Público do Paraná
- Museu Casa de Santos Dumont, A Encantada, Petrópolis. RJ.

SERVIÇO

O QUÊ: Abertura da exposição Santos Dumont: das raízes mineiras à ascensão do Gênio dos Ares
QUANDO: 11 de novembro, sexta-feira, às 20h30
ONDE: Sala Manoel da Costa Athaide, Anexo I do Museu da Inconfidência. Rua Vereador Antônio Pereira, 33, Centro Histórico.
CURADORIA: Margareth Monteiro e Janine Ojeda.
VISITAÇÃO: Terça a domingo, 10 às 18h, até 29 de janeiro de 2017.
ENTRADA GRATUITA.

Imagem: Alberto Santos Dumont. Autoria: Giovanni Sarracino, 1903. Acervo do Museu Paulista da USP.